Teste do Olhinho' em recém-nascidos passa a ser obrigatório em Natal

Portaria foi publicada nesta terça-feira (9) no Diário Oficial do Município. Procedimento detecta problemas de visão em recém-nascidos.

               Procedimento é obrigatório e detecta problemas de visão  (Foto: Matheus Henrique/G1)
Procedimento é obrigatório e detecta problemas de visão (Foto: Matheus Henrique/G1)

A Secretaria Municipal de Saúde divulgou nesta terça-feira (9), no Diário Oficial do Município, que o 'teste do olhinho' será obrigatório nos serviços de saúde do município de Natal. O procedimento obrigatório é realizado ainda na maternidade logo após o nascimento do bebê.

O procedimento facilitará o atendimento aos nascidos com algum tipo de problema de visão. O exame é fundamental para detectar problemas oculares como catarata congênita, glaucoma congênito, retinoblastoma e retinopatia de prematuridade.

De acordo com a Portaria, o teste do reflexo vermelho deve ser realizado pelo pediatra responsável pela evolução médica do recém-nascido no alojamento conjunto ou enfermaria, preferencialmente, até a alta hospitalar da maternidade. As gestantes que não realizaram o parto nos serviços municipais de saúde e os recém-nascidos não tiveram o teste do reflexo vermelho feito deverão procurar o distrito sanitário do seu domicílio para saber qual a sua referência.

Teste do olhinho

O teste do olhinho é feito na maternidade. Durante o exame, um feixe de luz é lançado nos olhos do recém-nascido de forma inofensiva. Caso o reflexo seja vermelho, como é comum em fotografias tiradas com flash, o olho é sadio.

Se o resultado for branco, o bebê pode ter catarata congênita, uma doença que afeta o cristalino do olho, estrutura vital para o foco e visualização correta das imagens lançadas na retina.

Fonte: G1 RN

Comentários