TERÇÃ-FEIRA, 28 DE ABRIL DE 2015


Festival da Juventude Rural colhe os primeiros frutos


 
O 3º Festival Nacional da Juventude Rural que teve início na noite de ontem (27) e segue até a quinta-feira (30) reuniu mais de 5 mil jovens trabalhadores e trabalhadoras rurais de todo o Brasil e de 10 países da América Latina, no Parque da Cidade, em Brasília. 

“Esse é nosso país, essa é a nossa bandeira! É por amor a essa pátria, Brasil, que a gente segue em fileira!” Foi entoando as músicas que empolgam o movimento sindical que a juventude rural encerrou a cerimônia de abertura oficial do 3º Festival da Juventude Rural. Marcada por muitas saudações e por uma emocionante homenagem a Manoel dos Santos, ex-presidente da CONTAG que faleceu no último dia 19 de abril, a cerimônia deu o tom do festival: mobilização política crítica e atenta do movimento sindical.  

O cansaço das viagens não tirou a concentração dos jovens nem impediu a vibração durante a cerimônia. Os cinco mil jovens que já chegaram a Brasília vindos de todos os estados brasileiros ouviram atentos aos pronunciamentos do presidente da CONTAG, Alberto Broch, da secretária de Jovens da CONTAG, Mazé Morais e também do ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias.  

Governo assume compromisso com a juventude
O Ministro do Desenvolvimento Agrária, Patrus Ananias, levou na abertura oficial do 3º Festival da Juventude Rural, respostas à Carta Proposta da Juventude Rural Brasileira e da América Latina.

Entre as respostas demandadas pelos jovens do campo, da Floresta e das Águas apresentadas pelo Ministro está o lançamento do edital da Juventude Rural que estabelece a parceria entre MDA, BNDES e Fundação do Banco do Brasil. O edital tem como  finalidade destinar 5 milhões  do fundo social para projetos de cooperativas e associações de jovens voltados para produção, beneficiamento ou comercialização de produtos agrícolas e não agrícolas; prestação de serviços e turismo Rural. Com a  atenção para valorização das questões de gênero e ao fortalecimento de práticas sustentáveis  e promoção da agroecologia e agrobiodiversidade, o edital permite a compra de bens tangíveis necessários à implantação e a execução dos projetos.

Patrus Ananias ainda assinou a segunda chamada de ATER voltadas especificamente para juventude rural que deve atender a toda demanda mapeada e qualificada pela CONTAG e vários movimentos sociais, que soma 102 milhões. São cerca de 22.800 jovens, distribuídos em 23 estados, com foco na agroecologia. A chamada trabalha a extensão rural visando a promoção da autonomia e da emancipação dos/as jovens agricultores/as rurais, a organização produtiva, o acesso ás políticas públicas e o estímulo à sucessão rural. 

Em nome do Governo Federal o Ministro também prometeu a juventude rural que até o final do governo da presidenta Dilma Rousseff, todos e todas que vivem debaixo da lona, aproximadamente 200 mil trabalhadores/as rurais serão assentados/as. Que a Reforma Agrária ampla e massiva, pilar do Projeto Alternativo de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário (PADRSS) e defendida em todas as ações estratégicas do MSTTR, reivindicação também presente na pauta do 3º Festival da Juventude Rural, deve ser consolidada ainda com o atual governo.  

“Foi importante a presença do governo, pois em festivais anteriores nunca o governo federal se fez presente para apresentar resposta ás nossas reivindicações. O anúncio feito pelo Ministro Patrus Ananias é recebido de forma positiva pela CONTAG e pelas federações, pois tanto o edital que destina 5 milhões do fundo social para projetos de cooperativas e associações de jovens voltados para produção, assim como o anúncio da segunda chamada de ATER e consolidação da Reforma Agrária, são sonhos se concretizando para o/a jovem do meio rural. Mesmo com tais conquistas, refletimos que precisamos muito mais para conquistar o campo, floresta e águas que precisamos para garantir autonomia e dignidade para juventude rural”, afirmou Mazé Morais, secretária de Juventude Rural da CONTAG.     

Delegação do RN

Uma delegação formada por representantes dos nove polos sindicais ligados a Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Rio Grande do Norte – Fetarn e coordenada pela Secretario de Juventude, Erivam do Carmo, chegou na manhã de ontem (27) em Brasília para participar do evento. São cerca de 40 jovens trabalhadores e trabalhadoras rurais do nosso Estado.

FONTE: fetarn.blogspot.com.br
    

Comentários